Dez maneiras de mudar o mundo: A Máquina da Felicidade

“A Máquina da Felicidade retrata de três inventores e suas trajetórias em busca de levar felicidade a todos os habitantes de seus países.
Será que isso é possível? Será que é realmente necessário? O que seria essa tal felicidade?
Em meio a conflitos e reconciliações, eles descobrem algo mágico e realmente verdadeiro!”
Produzido por Cintya Próspero, Fernando Latino e Veridiana Nilson-UNIDADE II

Atividade 4 – Plano de Ação

• Título: On the Farm

• Público-alvo: alunos do quinto ano (EFI)

• Área do conhecimento: Inglês

• Objetivos: trabalhar o gênero imperativo na língua inglesa através da criação de jogos de tabuleiros

• Descrição das estratégias que serão utilizadas e recursos digitais (equipamentos, sites, softwares, etc): Os alunos lerão, em classe, o paradidático A Day on the Farm, que origina o nome do projeto, e partindo desta leitura darão segmento a outras atividades de que o projeto é composto. A primeira é uma visita à “fazendinha” (no Porto Seguro há uma área com alguns animais que é frequentemente visitada pelas crianças da Educação Infantil e que é carinhosamente chamada assim), onde terão a possibilidade de identificar os bichos ali presentes, observar seu comportamento e escolher alguns para desenhar (ou, posteriormente, procurar ilustrações), ou seja, lá terão contato com o “mundo rural”, de que trata o livro acima mencionado. Em seguida, farão, em casa, a pesquisa dos nomes dos animais que viram e também de outros fatos ou curiosidades a ele relacionados – informações simples, já que é no quinto ano que tem o primeiro contato com o idioma. A tarefa será entregue de forma organizada (uma folha com a lista do vocabulário pesquisado e outra, ou outras, com as ilustrações) para a professora fazer as observações e correções necessárias. Até então, teremos trabalhado com os pilares 1, 2 e 3: busca, gerenciamento e análise. Entretanto, o projeto, embora planejado antes do início do curso Professores Inovadores, também estende-se aos pilares 4 e 5, visto que a interação com os colegas, professoras e ambiente permearão todo o processo e que o resultado será apresentado não só aos colegas, mas também a toda comunidade escolar em um evento organizado pelo colégio, na forma de jogos de tabuleiro. Ressalto que o formato de apresentação é esse pois o objetivo inicial era o trabalho com gêneros e optamos por trabalhar com o Imperativo, sempre presente nos jogos e suas regras. Acredito que o momento da apresentação deixará claro o envolvimento e o comprometimento das crianças com o projeto, que terá sido muito discutido antes de sua apresentação (o que contempla o sexto pilar).

• Forma de avaliação: serão avaliados pelo comprometimento ao longo do processo (por exemplo: trazer as tarefas propostas e materiais necessários, colaborar com os colegas, ser criativo) e também pelo produto final de seu trabalho.

P.S.: Infelizmente não há tempo para alterações no projeto, mas teria sido interessante a proposta de realizar um vídeo sobre o tema…

Christiane Augusto Gomes da Silva
Claudia Priore
Morumbi

Pesquisa de opinião – Pilar 2

A pergunta “Quando você tem a oportunidade de utilizar informações digitais em sua aula, de que forma o faz?”, referente ao segundo pilar (O Gerenciamento da Informação), foi respondida por vinte e cinco professores que escolheram uma ou mais das alternativas abaixo:

A. Utiliza apresentações ou conjuntos de slides? Com respostas de vinte e cinco professores a pergunta “Quando você tem a oportunidade de utilizar informações digitais em sua aula, de que forma o faz?”, referente ao segundo pilar, segue minha pesquisa.Quando você tem a oportunidade de utilizar informações digitais em sua aula, de que forma o faz?

B. Usa filmes e músicas disponíveis online?

C. Usa textos disponibilizados em sites e blogs?

D. Prefere o conteúdo de livros, revistas e jornais renomados?

As quarenta e duas respostas obtidas são apresentadas no gráfico e indicam que mais da metade dos educadores já utiliza duas ou mais maneiras de inserir informações digitais ao lecionar.

Gráfico